• Isabely Pignonato

Disney e Shakespeare, combinação de sucesso!

O escritor e dramaturgo inglês William Shakespeare (1564 – 1616) continua sendo fruto de grande inspiração para a sociedade e suas narrativas. Além de ser um clássico da literatura e dramaturgia, Shakespeare entra no mais profundo do ser humano e a Disney não deixaria de dar um toque ao mergulhar suas histórias em respiros shakespearianos para emocionar e conquistar o público.

Cena do O Filme Rei Leão 1994. Créditos: The Walt Disney Company

Um Filme Premiado O filme O Rei Leão (The Lion King) foi lançado em 08 de julho de 1994, com direção de Roger Allers e Rob Minkoff. Super premiado, o filme conquistou dois Oscars por Melhor Trilha Sonora e Melhor Canção Original (“Can You Feel the Love Tonight), inclui também três Globos de Ouro por: Melhor Filme – Comédia/Musical, Melhor Trilha Sonora e Melhor Canção Original – “Can You Feel the Love Tonight”, composição da clássica dupla Elton John e Tim Rice. A Disney sabe muito bem como começar um filme, a música “Circle of Life” recebeu indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro, mas infelizmente não levou. Quem já assistiu ao filme, sabe que é a música de abertura que arrepia qualquer um que assiste.


Cena do Filme Rei O Leão 1994. Créditos: The Walt Disney Company

A história

Contém spoilers a seguir.

O filme conta a história do Rei leão Mufasa, que acaba de ganhar seu filho e herdeiro Simba. O sábio Rafiki, que é um babuíno, mostra o filhote para todo o reino. Mas o leão Scar, irmão do rei, tem muita inveja de Musafa, ao ponto de planejar a morte de seu próprio irmão. Para matar o rei, Scar usa Simba de isca e acaba obtendo sucesso em sua artimanha. Para finalizar, coloca a culpa em seu sobrinho, que acaba fugindo. A partir da perda, nosso herói dá início a sua jornada. Simba é encontrado por um javali, Pumba, e um suricato, Timão, que cuidam dele até a fase adulta. Simba, já adulto, encontra uma velha amiga de infância, a leoa Nala, que lhe conta sobre o caos que está o reino, dizendo que ele precisa retornar, já que é o verdadeiro e único herdeiro do trono. Simba retorna exalando justiça para enfrentar seu tio. No confronto, Simba vence e restabelece a paz e a harmonia.


Um Mergulho em Shakespeare


Além do conceito monomito (jornada do herói), a narrativa é cheia de vingança, inveja e justiça. A animação da Disney é inspirada na peça Hamlet de William Shakespeare. Mas por ser um filme voltado para a família, não poderia ser tão sanguinário e com conceitos psicológicos baseados no complexo de Édipo, segundo o livro Hamlet e o Complexo de Édipo, escrito pelo psicanalista galês Ernest Jones (1879 – 1958). Além do drama e lágrimas escorridas, o público também se diverte e se emociona com as músicas, o visual e cenas engraçadas, com a dupla atrapalhada Timão e Pumba, que lembram os comediantes O Gordo e o Magro (Laurel & Hardy).


Cena do Filme O Rei Leão 2019. Créditos: The Walt Disney Company

O Live-Action

Em 18 de julho de 2019, foi lançado o remake live-action de O Rei Leão. Com um visual super realista, a emocionante história retorna aos cinemas. O diretor Jon Favreu, que também dirigiu Mogli – O menino Lobo (The Jungle Book), adaptou algumas cenas e manteve outras idênticas ao original, como quando Simba, Timão e Pumba cantam “Hakuna Matata”. Diferente do original, todos os atores têm descendência africana. Com uma direção incrível, deixou os fãs super satisfeitos e conquistou novos fãs para o clássico da Disney e do cinema.


Autor:

Isabely Pignonato

Jornalista e Roteirista



#reileao #waltdisney #lionking #shakespeare #produtoradevideo #animacao2d #animacao3d #liveaction #cinema

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo