• Produtora de Vídeo Veez

Das páginas para as telas

Atualizado: Jul 13

O Ser Humano é um animal social e que vive por criar, ouvir e reproduzir histórias. Quando você assiste ou lê um jornal, você recebe informações. Contudo, não são apenas informações, mas histórias reais que chegam a você. Antes, o homem se reunia com outros para contar as histórias; depois passou a registrá-las em livros até chegar à tecnologia da imagem em movimento, a sétima arte, o querido e amado cinema.

Cena do filme Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, 2004 Fonte: www.adorocinema.com

O menino que sobreviveu

Uma história que ganhou fama e conquistou o mundo com seus sete livros e ganhou mais vida e sucesso nas telas cinematográficas é a história do bruxinho Harry Potter. A escritora inglesa J. K. Rolling (1965 -) conseguiu construir um mundo fantástico, que se concretizou nas telas, conquistando fãs até os dias de hoje, sendo o primeiro livro publicado em 1997. A história do bruxo Harry cativa o público, não só pela jornada do herói, mas porque ele transmite esperança e apresenta um mundo fantástico. O mais genial de tudo isso, incluindo os filmes que ajudaram no processo, é que uma geração cresceu junto com o bruxo, acompanhando suas histórias durante a infância e adolescência de muitos.


O terceiro filme da saga

O parágrafo a seguir conta um pouco sobre a história do filme, por isso contém spoilers.

O filme Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (Harry Potter and the Prisoner of Azkaban), lançado em 2004, é o terceiro filme da saga. Harry Potter (Daniel Radcliffe), agora com 13 anos, e melhor conhecedor no assunto de poções e feitiços, acaba transformando Tia Guida (Pam Ferris) em um balão flutuante, por causa das ofensas que recebera dela. Assim, Harry encontra uma oportunidade para sair de casa. O 3º ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts se encontra com mais desafios e perigos do que antes, pois o bruxo Sirius Black (Gary Oldman) escapa da prisão de Azkaban e amedronta a todos por ser um bruxo terrível. Sirius foi caçado pelos Dementadores, os guardas de Azkaban, que são a personificação do próprio medo e sugam a vitalidade daqueles que ficam em seu caminho, sem distinção de bondade ou maldade, o que torna a narrativa mais emocionante. Ao final, Harry descobre que Sirius é inocente, além de ser seu padrinho.


Cena do filme Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, 2004 Fonte: www.adorocinema.com

Filme VS Livro

Os filmes de Harry Potter, assim como muitos outros, são adaptações da literatura para o cinema. Sempre que você ler um livro e depois assistir ao filme do mesmo, perceberá que há muitas diferenças cuja a história parecerá outra muito diferente. Isso acontece porque são tipos de comunicação distintas. Podemos dizer que nos livros não há limite de tempo, diferente dos filmes. O livro é leitura e o filme é visual, acarretando grandes mudanças em suas adaptações. Um exemplo entre a comparação do livro e filme de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban: na cena em que a Mulher Gorda é atacada por Sirius Black, no filme é ela mesma que conta que foi atacada; já no livro, quem narra esse episódio é o personagem Pirraça, que é um poltergeist que vive no castelo. Tal personagem nem existe nos filmes, talvez por orçamento, por não ser importante na narrativa ou muitas outras possibilidades. A maior diferença e riqueza que existe entre os dois meios é que no livro você tem a sua imaginação para criar as cenas e os detalhes do jeito que você quiser, se tornando algo único e somente seu, além de entender e ter contato com os pensamentos dos personagens; o filme te entrega a imagem pronta, além da trilha sonora e a emoção visual.


Cena do filme Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, 2004 Fonte: www.adorocinema.com

Alguns exemplos

Harry Potter é um exemplo clássico e atual de adaptação, mas existe muitos outros, como: Laranja Mecânica, livro 1962 e filme 1972; A Culpa é das Estrelas, livro 2012 e filme 2014; Cidades de Papel, livro 2008 e filme 2015; Crepúsculo, livro 2005 e filme 2008; O Senhor dos Anéis, livro 1954 e filme 2002; O Iluminado, livro 1977 e filme 1980. Há séries como Diários de um Vampiro (2009 – 2017); novelas, tais como Tieta (1989) e HQs de super heróis como Batman e Homem-Aranha. Se tiver a possibilidade, recomendo ler o livro primeiro para depois ver o filme, assim você terá a oportunidade de mergulhar nas sensações de ambos, passando por uma experiência completa.


Autor:

Isabely Pignonato

Jornalista e Roteirista


CONHEÇA a Produtora de Vídeo Veez! Acesse nosso site: WWW.PRODUTORAVEEZ.COM.BR - E acompanhe nossos cases de sucesso!


#HarryPotter #Cinema #Livroparafilme #ProdutoraDeVideo #LiveAction #ProdutoraVeez

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo